Wednesday, December 05, 2007

Dia -767

Este é o Fado mais bonito de sempre




(Kátia Guerreiro - numa versão incompleta e roufenha. Muito roufenha.
Apesar de ter sido mandatária do nosso PR a moça tem uma belíssima voz)


Se uma gaivota viesse
trazer-me o céu de Lisboa
no desenho que fizesse,
nesse céu onde o olhar
é uma asa que não voa,
esmorece e cai no mar.

Que perfeito coração
no meu peito bateria,
meu amor na tua mão,
nessa mão onde cabia
perfeito o meu coração.

Se um português marinheiro,
dos sete mares andarilho,
fosse quem sabe o primeiro
a contar-me o que inventasse,
se um olhar de novo brilho
no meu olhar se enlaçasse.

Que perfeito coração
no meu peito bateria,
meu amor na tua mão,
nessa mão onde cabia
perfeito o meu coração.

Se ao dizer adeus à vida
as aves todas do céu,
me dessem na despedida
o teu olhar derradeiro,
esse olhar que era só teu,
amor que foste o primeiro.

Que perfeito coração
no meu peito morreria,
meu amor na tua mão,
nessa mão onde perfeito
bateu o meu coração.

(Alexandre O'Neill)



6 comments:

Lou Salomé said...

Elisa,
demora tanto. demora sempre mais do que queremos. a despedida. o despedir-nos. (aquilo que escreves. ou outros. pela tua mão. faz muito eco. em mim).
bjs.
Lou

sem-se-ver said...

faz favor de ir á minha primeira juke, 'nós por cá', ouvir o 'minha senhora das dores'. (se não conheceres)

e sim, uma belíssima voz. belíssima belíssima.

Elisa said...

Bom, conheço o minha senhora das dores... mas sinceramente não acho que se compare a este Gaivota. Digo isto muito mais pelo poema do que por qualquer outra coisa, claro.
E a voz é magnifica, sim :)

sem-se-ver said...

eu falei na senhora porque fiquei abismada com a cançao, que não conhecia, e a interpretação dela, a a voz dela, e o suspiro dela no final, e o piano do sassetti, também.

mas sim, este poema é belíssimo.

conheces esta versao?

http://www.mediafire.com/?fvymsegtcs3

(ana laíns, a capella, podes descarregar :)

Elisa said...

Lou
aqui é só mesmo o prazer de ler o poema do O'Neill e de ouvir a Kátia Guerreiro. Não há aqui mais nada :)

Lou Salomé said...

estava mesmo só a dizer que tinha feito eco em mim. mesmo sem saber da tua intenção. estava a falar de mim. (desculpa o egoísmo).
bj