Monday, September 08, 2008

Dia -1045

Os Relógios e as Horas

Tenho uma paixão por relógios.
Não por todos, naturalmente.
Embora despreze, tanto quanto me é possível, o tempo,
gosto de (alguns) dos belos objectos que usamos para o medir.
Agora há pouco, na fila do bar, alguém que não conheço disse-me:
tem um relógio tão bonito!


Tenho mesmo. Hoje tenho este. Mas tenho muitos. Belos objectos como este.
Às vezes perguntam-me, dado que nenhum dos meus magníficos relógios tem números:

mas consegues ver as horas???

A minha resposta é só uma:

que é que isso interessa?

O tempo é só aquilo que fazemos.


13 comments:

sem-se-ver said...

label: tretas que não interessam a ninguem? ora!!

a mim interessam-me! tenho panca por relógios mas nunca me dediquei a comprá-los para mim. só tenho e uso um (pequenino, com numeração romana e data, citizen; como vês, muito longe da elegância do design que aqui apresentas).

tudo isto para ver se te convenço a postares os outros todos! :D

Elisa said...

Também tens panca por relógios? Mas olha lá... que se não somos almas gêmeas... andamos perto. Eu dedico-me a comprá-los para mim. Sabes, não uso brincos nem colares nem outrs enfeites... quase nunca, de modo que a minha única extravagância são os relógios... um dia, um dia, ou devagarinho ao longo de dias, hei-de postá-los todos. :-)

Paradoxos said...

O tempo - estranho sem ponteiros! Beijos

Elisa said...

ora essa!

Anonymous said...

Com ou sem ponteiros, cá p'ra mim são 10h10 mais coisa menos coisa ;)

Carlos Ruben

Elisa said...

:-) neste caso eram.

Elisa said...

de qualquer maneira, os relógios têm ponteiros, não têm é números. :-)

Anonymous said...

Era isso, números e não ponteiros. Fui atrás do que li acima, mas olha, deixa lá, também não é importante ;)

Carlos Ruben

Elisa said...

pois não.

Alberto said...

Mas ter um relógio pode ser complicado. No Pulp Fiction era. Um beijo. Na mão, para apreciar o teu relógio.

Elisa said...

Hoje é outro Alberto. Mas merecedor de apreciação também, naturalmente. E do beijo certamente.

Alberto said...

Mesmo desnudada de um dos teus relógios, a tua mão é merecedora de apreciação e de um beijo.

Elisa said...

mas eu tenho um dos meus relógios hoje (vê o dia 1047) :-)
retribuo o beijo.