Friday, August 04, 2006

Dia -284

Os Sonhos

Quase nunca me lembro do que sonho.
Sim, eu sei que sonho. Como toda a gente.
Mas raramente, muito raramente, me lembro dos sonhos.
Hoje lembro-me com o que sonhei.
Sonhei contigo.
Estavas vivo.
Mas depois acordei e continuas morto.

7 comments:

BlahBlahBlah said...

Não percebo nada de "interpretação de sonhos" mas a minha cunhada explicar-te-ia logo o significado desse teu sonho. Sabes que todos os sonhos significam alguma coisa?

Eu nunca sonho. Acho que nem acordada :)

LiZZie said...

Parece que sim... ou melhor, algumas pessoas acreditam nisso. E sim, como eu e como toda a gente também tu sonhas, a dormir. Mas se és como eu, quase nunca te recordas do que sonhaste, uma vez acordada. :-)

BlahBlahBlah said...

Hm. Eu não durmo neste mundo. Deixo cá o corpo e vou dormir para outra dimensão. Não ouço chuva, ventos e trovoadas, ouço apenas a voz da minha filha quando me chama ou o despertador quando toca. Acho que nessa dimensão, do sono profundo, não há sonhos. Ou então, alguma vez me teria já lembrado de algum. Não?

LiZZie said...

Risos. Somos mais parecidas do que o que seria imaginável. Eu não ouço coisa nenhum, quando durmo. Nem o despertador, a maior parte das vezes. Como digo, raramente, muito raramente me lembro com que sonho. Dizem que sonhamos todos, sim. Eu cá não sei.

BlahBlahBlah said...

Pois, risos. Quem ouve a minha filha tambem não é o meu consciente, é aquele inconsciente onde se aloja o instinto de mãe. Ah! O despertador também é o insconsciente, mas naquela cómoda onde gurdamos a responsabilidade e os deveres para cumprir. Até aos 29 anos só me acordavam [antes das minhas sete/oito horas de 'sono dos justos'], literalmente, se me sacudissem :)

BlahBlahBlah said...

E a propósito de nada.

Bom, já ouviste as musiquetas da minha "Juke Box"?? O trabalho que me tem dado e não consigo pô-las a tocar a tempo inteiro [só devem reconhecer as ordens do JOS, eu sei lá!]mas são divinais. Então aquela da Edith Piaf ficava mesmo bem à entrada do blogue. Há de ficar, digo :)

Podes pifar que eu deixo :)

LiZZie said...

Pois a mim, para me acordarem antes do meio-dia é preciso o corpo de bombeiros e um guindaste ;-). As músicas são excelentes... estava a pensar roubar para aqui o 'a quoi sert l'amour. Adorei.
Beijo