Saturday, September 30, 2006

Dia -340

O Fado do Encontro*



*(Tim & Marisa. Sim, é lamechas, mas eu sei porque é que gosto desta canção. Pronto)

3 comments:

BlahBlahBlah said...

O essencial é invisível aos olhos, só se vê bem com o coração...

Antoine de Saint-Exupéry, aviador e escritor francês

BlahBlahBlah said...

E para acompanhar a lamechice, aqui fica a letra do "Fado do Encontro"...

Andando, cantando
Tenho o sol à minha frente
Tão quente, brilhante
Sinto fogo à flor-da-pele
Tão quente
Beijando como se fosses tu
Ao longe, distante
Fica o mar no horizonte
Ele por certo
Onde a tua alma se esconde
Tão quente, esperando

Esse mar és tu

Pode a noite ter outra cor
Pode o vento ser mais frio
Pode a lua subir no céu
Eu já vou descendo o rio
Na voz, revolta
Fecho os olhos, penso em ti
Tão perto, que desperto
Há uma alma à minha frente
Tão quente
Beijando, por certo que és tu

Pode a lua subir no céu
E as nuvens a noite toldar
Pode o escuro ser como breu
Acabei por te encontrar
Vou andando, cantando
Tive o sol à minha frente
Tão quente
Brilhando
E a saudade me deixou
Para sempre
Por certo

Meu amor és tu

Fado do Encontro

LiZZie said...

Ora Blah a quem o dizes :-) A mim que sou a maior fã do Petit Prince?
O meu coração é um bocado lamechas. Isso é verdade. Mas acho que é também míope (tal qual os meus olhos).
Agradecida pela letra.
Beijo