Wednesday, February 20, 2008

Dia -844

Não sei porquê... a sério, não sei porquê...

mas apeteceu-me ouvir isto outra vez*.


De qualquer maneira, é triste, o abandono de uma espécie de mito.
Mesmo imperfeito, como todos, o homem que hoje renuncia,
é um herói.
E este outro era também um herói muito imperfeito.
E juntos há muitos anos. Sonharam um mundo.
Imperfeito. Como todos.
Hasta Siempre.


*pronto eu gosto desta música, está bem? É por isso que esta é a quarta vez que ela aqui aparece, numa outra versão.

8 comments:

sem-se-ver said...

não somos almas gémeas, elisa, mas entendemo-nos bem.

Elisa said...

Quem sabe sem-se-ver se não somos almas gêmeas? Hum? Até podemos ser... e depois fui ao teu blog para perceber porque dizes que nos entendemos bem... e hum.. não percebi. Explicas-me se faz favor?

teresa said...

Talvez porque sonharam...
:)

Elisa said...

Quase de certeza por isso. O resto, a realidade... estraga muito os sonhos e o Fidel, enfim, bem os estragou a muitos cubanos. Talvez também seja preciso lembrar isso... mas ok. Apeteceu-me a música.

sem-se-ver said...

oh rapariga, que às vezes és tão complicada :))))

ora, só porque a minha reacção à notícia foi similar à tua, e porque poderia subscrever este teu post...

Elisa said...

Oh... eu não sou assim tão complicada, bom, pelo menos não sou mais do que qualquer outra pessoa... :-) gosto é de perceber as coisas, ora essa.

sem-se-ver said...

lol.

e assim ficamos: bem, as usual.

:))

Elisa said...

Mas claro :)