Tuesday, November 21, 2006

Dia -391

Adenda (ao dia anterior)
'Podíamos ser felizes. Lá isso podíamos'...
Se o homem fosse de verdade, claro está.

16 comments:

Anonymous said...

Mas que ele existe, existe...

Elisa said...

o Hugh Laurie, sim, existe... mas esse não me interessa nada. Já o inexistente Dr.House... ai ai

Anonymous said...

há sempre uma casa medicinal que espera por nós

Anonymous said...

Mas nem com aquela barba por desfazer ele tem o teu encanto...

Elisa said...

Uma casa medecinal? Hum? Que é isso? Um hospital ou assim... pois isso há, mas felizmente eu não estou doente e infelizmente os médicos portugueses (pelo menos os que eu conheço) têm poucas semelhanças com o Dr. House...

Elisa said...

Muito obrigada Anónimo das 11:51... (deves ser o mesmo e eu sei quem tu és... és tão viciado no House como eu oh oh)... mas isso dos encantos depende dos gostos.

Anonymous said...

Os encantos podem depender de licores, eu sei lá, de muitas coisas. No caso, faz-se referência a uma personagem deleitosa que provocou um encanto.
Passa portanto a haver algo como os Encantados Anónimos.

vanessa said...

Ora aí está. Eu também gosto imenso do tipo!

Elisa said...

Anónimo, essa dos encantados anónimos está muito bem apanhada, ora está :-) Declaro-me já: o meu nome é elisa e estou encantada com Dr. House.

Elisa said...

Ai Vanessa e aquele personagem é mesmo 'gostável' :-)

Casualidade said...

Estava numa de cuscar... e gostei muito deste blog... pões sentimentos dentro das palavras. Não te conheço os sentimentos. Mas gostei muito das palavras!

e entrando na espécie de debate que decorre a respeito do Dr. House/ Hugh Laurie... tenho que deixar a minha marca! O tipo é genial (a personagem claro está) ... é mesmo "GOSTÁVEL"

Elisa said...

Casualidade
debate? Qual debate? Estamos todas de acordo... o homem, enquanto Dr. House naturalmente, é lindo, inteligentíssimo, tem mau-feitio, um sentido de humor perfeitamente cáustico (haverá outro?) e é absolutamente hum... hum... encantador ;-). Não há nada para debater. É uma evidência ou assim. Daquelas que não se debatem, existem só.
Obrigada pela visita. E isto de fazer posts com o Dr. House logo me passa...

BlahBlahBlah said...

"Lindo, inteligentíssimo, tem mau-feitio, um sentido de humor perfeitamente cáustico (haverá outro?)" <<< suits me :)

O homem é um charme. Irresistivel.

Elisa said...

Ó menina Blah, com gostos tão radicalmente opostos em relação aos homens... muito folgo em saber que há um, este, que serviria para ambas (desde que não ao mesmo tempo). ;-)

BlahBlahBlah said...

Será encanto? Será magia? Puro fascinio? :)))
Estamos todas de acordo, disseste tu [e muito bem].

Elisa said...

E estamos mesmo, ora bolas... aí está uma razão pela qual (à falta de outras) eu e o Dr. House nunca poderíamos ser felizes... too much competition.