Sunday, May 28, 2006

Dia -216

Uma Revelação
(porque estou a precisar de afagos no ego.
Ou simplesmente de festinhas na cabeça)
Caro e amável leitor:
Esta de que se fala no texto mais abaixo sou eu.
Eu sou a LiZZie
(por causa do Azul que acha que os Z's, como no JaZZ devem fazer parte do meu nome).
E eu sou a Elisa.
(porque é o diminutivo mais simpático do meu nome).
Sou ainda outras pessoas de quem nunca ouviram falar.
(Nem eu).
Obrigada Rosmaninho pelo afago aqui transcrito.
(Não foste tu que te ausentaste. Fui eu que deixei que te ausentasses):
«Shame on me
Conheci-a, há 4 ou 5 anos, já não interessa como. O que conta é que percebi, no meio do grupo em que a encontrei, que havia qualquer coisa de especial na Elisa. Na atitude, na inteligência, na presença... Depois de um único e breve encontro, circunstâncias inesperadas fizeram com que me afastasse daquele grupo, daquelas andanças e o contacto perdeu-se. Perdemo-nos uma da outra, por culpa minha, até há cerca de alguns meses atrás, quando a reencontrei por aqui.Novamente, o fascínio, a admiração, o orgulho de já ter conversado com alguém assim, bem como uma pontinha de inveja (da boa, claro) de tanta arte numa pessoa só. Esta tarde, ao passear pelos blogs vizinhos, dei com um
Cheers à Elisa e ao seu Bebedeiras de Jazz, e ao passar pelos comentários, critiquei-lhe a modéstia. Ela respondeu-me com um "menina simpática" e relembrou-me o café prometido há tanto tempo.E eu respondo-lhe agora, aqui, que terei, não todo o gosto, nem todo o prazer, mas o maior orgulho em reencontrá-la.
Desculpa-me a ausência, Elisa, e até já.»
E obrigada à Blahblah pelo 'cheers' imerecido.
(E não me venham dizer, que depois disto sou modesta.
Estendi aqui o meu ego agradecido.
E fizeram-me bem, caraças, estes afagos!)

4 comments:

casimiro said...

lizzie e Elisa a mesma pessoa? Quem diria..
E então para se beber um café com a lizzie é preciso ir a Aveiro?
;O)

LiZZie said...

Olá Casimiro
Não tinhas ainda reparado? Que eu nem sou eu nem sou a outra... já tive um blog que se chamava Pilar da Ponte de Tédio... justamente porque padeço de uma certa esquizofrenia... não diagnosticada mas... talvez não seja preciso diagnóstico para o que (me) é tão evidente. Belo nariz o teu, ó Casimiro! Quanto ao café ter de ser em Aveiro... não necessariamente... com a Rosmaninho bebo-o em Lisboa... e mais de resto sou andarilha... bebo muito café e bebo-o em toda a parte onde vou.
Beijo

casimiro said...

Não me parece que fosse assim tão evidente...
O fundo de "tristeza" está lá, mas o estilo é diferente.
Então e que tal um cafézinho nas terras desta cidade maravilhosa chamada Lisboa...?

LiZZie said...

Hum... pois o estilo talvez seja diferente... mas será mesmo? Não sei... como disse antes sou um bocadinho esquizofrénica.
E isso era um convite para um café? Ou uma exortação a que eu o beba em Lisboa seja com quem for? ;-) Em qualquer dos casos, terei todo o gosto.
Bj