Monday, November 14, 2005

Dia -21

A Teia
Primeiro aproxima-se. E observa. E ajuíza. Pesa. Valoriza. Desvaloriza. Ajuíza de novo. Pesa novamente. Pensa. De si para si. Hum... Hum... pode ser. Tece. A primeira malha. A segunda. A terceira. A quarta. Consegue enredar. Enreda. Tece o enredo. Vê o filme todo. Atrapalha-se. Observa a teia. Pesa. Ajuíza. Valoriza. Desvaloriza. Corta os fios.

5 comments:

Ordem do Dia said...

Não esquecer: Repensar relações!
Abraço

LiZZie said...

OH OH... velerá a pena?

Turno da Noite said...

Mas claro ó Lagarta? Por quem te tomas? Alguma eremita tresmalhada em blog confessional? Claro que sim. Repensar as relações, no que somos nelas, sem elas, as diferenças, se as devem haver e por aí afora!

ps. isto é tudo mesno paternalismo, par que não sobrem dúvidas. É que li o que acabei de escrever e soava a isso. Não, não é nada disso. É chegar aqui e ouvir esse desconforto.
Beijos

Turno da Noite said...

ERRATA
"mesmo" e "para"

LiZZie said...

oh... mas que desconforto? O desconforto que o cansaço dá? Encontrei a solução. Retirei-me do mercado e faço revisões. Ou melhor, como numa tira do Calvin&Hobbes, faço uma autobiografia revisionista. Serve?